Arquivo da Categoria: Era Uma Vez

O Rosto da Vergonha V

    As mini férias terminaram e a viagem de regresso fez-se de forma tranquila. Apenas Augusto Joaquim  conduzia. Maria Fernanda não dominava o alemão de forma fluente, falava pouco, lia mal e não escrevia nada, o que a condicionava … Continuar a ler

Publicado em Era Uma Vez | 3 Comentários

O Rosto da Vergonha IV

  Augusto Joaquim olhou para a criança e sorriu. Não dirigiu uma única palavra à mulher, que embora estivesse acordada, estava cansada. A criança era grande e o esforço tinha sido muito. Sorridente dirigiu-se à Emília que tinha o bebé … Continuar a ler

Publicado em Era Uma Vez | 8 Comentários

O Rosto da Vergonha III

Waltraut retribuiu o sorriso e entrou. Maria Fernanda, num misto de apreensão e espanto, não sabendo o que fazer, deixou-se estar encostada ao fogão. Não compreendia o porquê daquela mulher em roupão estar, na agora sua casa. Vinha de uma … Continuar a ler

Publicado em Era Uma Vez | 6 Comentários

O Rosto da Vergonha II

  Augusto Joaquim não quis sair para jantar. Há muito que imaginava aquele dia e não queria perder mais tempo. Mandou Nanda despir-se. Sem tempo para dizer o que quer que fosse, já o sentia a arrancar-lhe o vestido. Com … Continuar a ler

Publicado em Era Uma Vez | 2 Comentários

O Rosto da Vergonha I

Era uma tarde fria de fevereiro de 1967. A praia estava deserta e a brisa ligeira intensificava o cheiro a maresia no ar. Maria Fernanda contemplava o mar, imaginando se haveria no mundo um pôr do sol tão magnifico como … Continuar a ler

Publicado em Era Uma Vez | 6 Comentários